top of page
  • Foto do escritorChama Violeta

Inteligência do Coração

Durante milhares de anos as religiões ensinaram que o coração é a fundação da vida, do amor e da inspiração.

E por mais de um século os mestres ascensos têm explicado que o coração é o local onde o homem contata Deus, de forma a alcança a autotranscedência.

Agora é a vez da ciência abordar o tema. Desde 1991, o "Institute of HeartMath®", localizado em Boulder Creek, Califórnia, tem pesquisado como o coração afeta o bem-estar físico, mental e emocional, usando eletrocardiogramas e outras técnicas da medicina.

O instituto também ensina que o coração é uma poderosa fonte de inteligência que pode ser acessada em menos de dois minutos.

Benefícios da inteligência do coração tem sido comprovados em todo o mundo, em grandes empresas e nas forças armadas, e os testes são publicados em jornais da área médica.

David McArthur, diretor do HeartMath LLC e autor do livro "The Intelligent Heart" (O Coração Inteligente) falou sobre o tema durante a conferência de Páscoa em Chicago.

"A inteligência do coração é gerada a partir dos sentimentos de amor". Disse McArthur. "Ela acessa a sabedoria oculta do coração, Supera o pensar - é o estado de conhecer. É uma forma de inteligência mais coerente, ordenada e sensível."

A inteligência do coração ajuda as pessoas a viverem mais plenamente. É especialmente importante durante crises e distúrbios emocionais, quando amar parece impossível. "Diante da frustração e tensão, a inteligência do coração ajuda-o a sentir paz e tranquilidade e a reagir ao stress de uma maneira completamente diferente", disse David. "É como amar durante situações difíceis".

Durante sua apresentação, McArthur conduziu a audiência em vários exercícios que ajudam a acessar a inteligência do coração, incluindo a técnica do FREEZE- FRAME®, inicialmente divulgada no livro com o mesmo nome.

Reconheça um sentimento de stress e coloque-o em "freeze-frame" (é como congelar a imagem do vídeo, apertando o botão de pause).

Desvie sua atenção da situação estressante e concentre-se no seu coração, como se estivesse respirando através do coração. Lembre de uma experiência ou sentimento positivo e tente reviver este momento. Concentrando-se na perspectiva positiva, pergunte ao seu coração qual seria a reação para a situação de stress. Sinta a resposta do seu coração.

O instituto testa a eficiência deste exercício simples, conectando as pessoas a um instrumento científico que mede a variação das pulsações cardíacas. Quando alguém está vivenciando emoções estressantes, o ritmo do coração é claramente desigual. Após o "freeze-framing" das emoções e ao acessar o amor no interior do coração, os padrões tornam-se mais harmoniosos. "Este exercício dispersa as emoções negativas e literalmente modifica a maneira como o coração pulsa", disse McArthur.




"O coração é onde nos conectamos ao espírito", disse McArthur. Esta afirmação exemplificada na Imagem do Eu Divino que mostra a conexão de homem com Deus através de coração.


Mudanças nos padrões da pulsação cardíaca produzem modificações químicas e elétricas no corpo. Padrões harmoniosos no coração elevam os níveis de DHEA, o hormônio que restringe o processo de envelhecimento e diminui os níveis de cortisol, um hormônio que acelera o envelhecimento e intensifica a propensão a doenças. As mudanças também reforçam significativamente alguns componentes do sistema imunológico, equilibram os ramos simpático e parassimpático do sistema nervoso e reduzem a propensão que as artérias têm em absorver colesterol, uma das chaves para a prevenção das doenças cardíacas.

Um sentimento harmonioso e amoroso no coração ajuda também o cérebro a funcionar melhor, pois os sinais enviados pelo coração promovem as funções cerebrais e trazem mais clareza de pensamento.

O contrário também é verdade. Quando uma pessoa se sente ameaçada, os sentimentos negativos inibem o neo-córtex, reduzindo a habilidade de pensar

"É por isso que as pessoas tomam decisões erradas quando estão frustradas, irritadas ou estressadas", disse McArthur "Quando as pessoas concentram-se no seu coração, a capacidade que o neo-córtex tem de pensar é intensificada e assim elas podem tomar decisões sábias".

Práticas espirituais como a ciência da palavra falada também ajudam as pessoas contatarem a inteligência do coração.

Em janeiro último, Alberta Fredricksen, Guardiã da Chama, convidou um treinador do HeartMath para apresentar um seminário à equipe de administração escolar do município de Bozeman, Montana. Foi pedido a cada membro da equipe que pensasse em uma situação estressante e que então utilizasse a técnica do freeze-frame, enquanto estava ligado ao equipamento que mede a variação da pulsação cardíaca e a uma tela, que mostrava estas variações.

Fredricksen foi a última pessoa a ser testada. Ao fazer o exercício, centrou-se no coração, lembrou-se de sentimentos de apreciação e, então, visualizou a chama violeta a essência espiritual da compaixão. Quando abriu os olhos, todos estavam maravilhados pois as ondas de pulsação desiguais desapareceram completamente da tela.

"O amor é a experiência de transformação mais poderosa na vida", McArthur disse. "Sentimentos de carinho, com- paixão, apreciação e gentileza criam estas mudanças positivas.

"O coração é onde nos conectamos ao espírito. Ao seguir seu coração, você estará mais ligado ao seu verdadeiro eu".

"A inteligência do coração é simples Ao conectar-se com os sentimentos do seu coração e lhe pedir que o guie, poderá utilizar a inteligência do coração em tudo que fizer e em todas as decisões que tomar".



Fonte: Matéria originalmente publicada por Therese Emmanuel no Boletim Coração a Coração, da Sede Internacional da Igreja Universal e Triunfante, em maio de 1998, página 3. The Summit Lighthouse, Corwing Springs, Montana, EUA.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page